A chave pra você criar um estado de auto confiança está aqui!

Atualizado: 8 de Jan de 2020

Imagine a seguinte situação: você está prestes a entrar numa reunião importante que vai definir em poucos minutos o rumo da sua vida.

Alguns milhões de reais estão em jogo, e se você conseguir convencer aquele cliente que está ali do outro lado da porta, na sala de reuniões, bingo: você vai conquistar mais do que o reconhecimento profissional que você deseja, vai ganhar uma bolada e finalmente terá a vida que você sempre sonhou.


Então eu te pergunto: você sabe como se preparar pra essa apresentação, pra se sentir explodindo de confiança e transmitir a credibilidade que o seu cliente espera?


Não se sinta culpado, se até hoje você não fazia ideia de que existe um método pra isso, pra driblar seu nervosismo e insegurança diante de qualquer tipo de apresentação.

Pouca gente sabe como se preparar pra isso, e mesmo essas que você admira porque são suuper seguras, comunicativas e mega carismáticas, na grande maioria das vezes não se preparam, e acabam deixando a situação de tensão tomar conta e perdendo grandes oportunidades.

Como ser extrovertido e comunicativo não tem nada a ver com ser confiante e seguro, depois de trabalhar no treinamento de centenas de atores e comunicadores, eu decidi te dar uma chave aqui, que eu posso afirmar que é “o melhor do melhor pra você”.

Sem exageros!


Quando você dominar o uso dessa técnica simples que eu vou te ensinar nas próximas linhas, você certamente vai MUDAR a sua vida.

No mínimo, você vai causar uma transformação bastante definitiva!


Eu te garanto que usando a técnica das POSTURAS PODEROSAS você vai conseguir trazer sentimentos de confiança e conforto, pra você usar nos momentos importantes da sua vida, em que você está sendo avaliado, antes de fazer uma reunião, antes de gravar um vídeo, ou de fazer uma apresentação em público, mesmo que você se considere uma pessoa tímida, ou mesmo que você tenha certeza de que você “não leva jeito pra isso”.


Como eu sei disso? Eu testei essa técnica em mim e em centenas de alunos meus.

Se eu te contasse que antes de me tornar uma apresentadora profissional de vídeos e eventos, uma mestre de cerimônias, eu já paguei inúmeros micos por ser extremamente tímida e envergonhada, você acreditaria?


Numa ocasião em que eu tinha 18 anos de idade, recém eleita a musa dos clubes de São Paulo, e estava num evento muuito importante com grandes nomes do esporte nacional, eu fui chamada ao palco pra contar sobre a minha experiência como musa, e travei!


A única coisa que eu consegui falar no microfone naquele palco, em resposta a pergunta simples do apresentador foi: “sem comentários”...

Depois desse mico gigantesco, e de algumas noites sem dormir, pelo peso do meu auto julgamento cruel, me sentindo ridícula por ter travado ali, diante de tanta gente que eu admirava, eu fui obrigada a fazer alguma coisa pra me capacitar...me joguei no curso profissionalizante de teatro, e me tornei atriz depois de 3 anos...Mas isso não foi o suficiente pra me garantir um estado de confiança inabalável!


Só depois de muitas peças teatrais e já graduada em comunicação social, trabalhando como apresentadora em emissoras de rádio e tv, foi que eu tive acesso a técnica que realmente conseguiu manter a minha insegurança e nervosismo sob controle nos palcos e diante das câmeras.

Então sem mais demorar, vamos a essa técnica incrível, que vai te economizar alguns anos e vai te fazer pular micos e partir pra qualquer apresentação cheio de segurança.


Você vai conhecer agora a TÉCNICA DAS POSTURAS PODEROSAS, desenvolvida

pela Dra Amy Cuddy.

E pra te explicar como essa técnica funciona, eu quero pedir para você prestar atenção agora mesmo em como está seu corpo...


Qual é a sua postura nesse momento? Como estão seus ombros, pernas , braços, peito?

Por um acaso você está de pernas cruzadas ou braços cruzados enquanto lê esse artigo?

Guarde esta informação.


Quando pensamos em comportamento ou linguagem corporal, os cientistas sociais chamam de “linguagem não verbal”.

Quando pensamos em comunicação, estamos pensando em “interação”, em o que o seu corpo está dizendo...


O que o meu corpo está comunicando para mim e o que ele está comunicando para você são duas coisas diferentes.

Estudando o comportamento animal, observou-se que expressões corporais de poder e dominação são expressões de expansão.

O que já sabíamos pela neurociência é que a mente humana influencia os estados fisiológicos no corpo.


Pense em um limão bem suculento, gelado, e então imagine que você está espremendo este limão na sua boca.

Qual é a sensação? A sua boca produziu saliva?

Então perceba como através de uma imagem mental você é capaz de produzir estímulos fisiológicos. Seu corpo responde.

Mas o que não se sabia até então, era que o inverso também funciona.


O que isso quer dizer? A sua postura corporal é capaz de alterar o estado mental, em um mecanismo tão poderoso quanto o de pensar e sentir.

E da mesma forma que os animais, nós humanos também fazemos estas posturas quando estamos nos sentindo poderosos.


Observe nessa sequência de fotos, os braços em V quando os atletas cruzam a linha de chegada, ou marcam pontos, ou ganham a competição…






O oposto também acontece, quando nos sentimos acuados, nos fechamos, nos dobramos, nos fazemos menores.


Perceba que os animais e os humanos fazem a mesma coisa.

Sabemos como a nossa postura influencia o outro e principalmente o que a nossa postura comunica para o outro.


Eu sempre tenho a oportunidade de assistir palestras incríveis durante os eventos que apresento como mestre de cerimônias, e certo dia estava numa dessas palestras estreladas com uma personalidade famosa de um assunto incrível que me interessava muito.

Acontece que lá pelo meio da palestra eu perdi o interesse, e comecei a ter sono…


Aí eu tive uma sacada, e percebi que o tempo todo o palestrante estava muito parado, com uma postura dobrada, com os ombros caídos.

E isso me influenciou tanto, que me fez parar de prestar atenção no assunto.

E é disso que estamos falando: as posturas corporais, além de gerar emoções para você mesmo, geram no outro.


A questão é que estas posturas influenciam nossos sentimentos e pensamentos sobre nós.

Sabemos que nossas mentes mudam o corpo, e também nossos corpos mudam nossa mente, e que nós possuímos receptores sensoriais por todo o corpo que mandam constantemente estímulos ao cérebro.


Estes estímulos de posicionamento e postura corporal chegam ao sistema nervoso central em áreas sensoriais especificas do cérebro, especialmente no chamado lobo parietal.

Esta área cerebral interpreta estas mensagens, e assim disparam uma série de respostas neuro-hormonais.

Quando ficamos em uma postura de poder, como quando ficamos de pé com as mãos na cintura, ou encurvados em postura de encolhimento, tristeza ou depressão, o nosso corpo manda estímulos ao cérebro que vai interpretar isso e vai gerar estados emocionais.

Em uma pesquisa feita pela Dra. Amy Cuddy revelou-se que os dois hormônios que dizem respeito a poder e dominação são a testosterona e o cortisol.


Ela demonstrou que pessoas que ficaram durante dois minutos em postura de poder (com as mãos na cintura, por exemplo) tiveram aumento de 20% de testosterona e 10% de queda no cortisol, e elas relataram que após o teste se sentiram confiantes e mais assertivos.


A nossa proposta aqui é que você faça o seu próprio teste: experimente usar essas posturas poderosas para provocar em você mesmo os sentimentos de confiança, assertividade e conforto.


Você pode usar isso em situações que se sente ameaçado socialmente, quando está sendo avaliado, antes de fazer uma apresentação, de gravar um vídeo, ou de uma reunião importante.


No começo desse artigo, eu pedi para você se observar e reparar como estava sua postura.

Agora vamos fazer um pequeno ajuste,

Escolha uma postura de poder e fique nela por dois minutos.


Cronometra aí pra você começar a sentir essas mudanças acontecerem.

E observe qual é a sua sensação e como você se sente.

Uma coisa que é fundamental é que você saia do do campo mental e vá para a ação, praticar!

Depois comente aqui como foi a sua experiência, assim você motiva mais pessoas a entrarem nessa com você.


Venha ser um vmt maker: um expert em performar conteúdos em vídeo!

Pra participar desse movimento com a gente, basta seguir o VMT Brasil na rede de sua preferência:

Instagram:https://www.instagram.com/_vmtbrasil/

Facebook:https://www.facebook.com/videomediatrainingbrasil/

Linkedin:https://www.linkedin.com/company/aba-academia-brasileira-de-apresentadores/

You Tube: https://www.youtube.com/channel/UCCoWpBKbmH76VYpx4VBYJow


bj Bia Kobal

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo